01 agosto, 2016

Vou pedir que os dias sejam longos. Que o tempo passe a correr, sem indignações, mas que sejam doces e longos. Com sorrisos rasgados à vida, com abraços quentes como a soleira das nove da manhã, e o mar como sonoro. Não ficar só por ficar, manter por perto e reamar. Fazer bem só porque sim, e dissipar o chuvisco que restou. Expirar o sal de saudade, sentir o bem só porque sim. Esfolar a memória que (te) atrasou e que proibiu o teu rasgo da manhã. Acreditar que o nada não será nada, que tudo é porque sim e que a razão é sempre o crer. Não importa os ses. (...) Dás-me um sorriso?

11 comentários:

Inês Silva disse...

obrigada pelo comentário <3
que texto mais lindo! escreves mesmo bem :D

www.pinkie-love-forever.blogspot.com

Inês Brito disse...

Adorei ❤

Cláudia S. Reis disse...

Que a vida te sorria sempre :)

Rita Teixeira disse...

Obrigada linda :)
Gostei muito do texto, beijinhos*

http://mundodablue.blogspot.pt/

Ellen disse...

Escreves muito bem! :*

Inês disse...

Magnificas palavras :)

Ísis disse...

Que maravilhoso!

Saudades querida.

Ellen disse...

r: Sim, ainda consigo aproveitar algumas coisas, como é óbvio, mas tudo o que envolve praia e piscina não posso por causa da cicatriz!

disse...

adoro a simplicidade do espaço e das palavras, tens aqui um cantinho incrível, continua:)

Athena disse...

Que bonito texto! Escreves muito bem! :D
Beijinhos

Saturn's Mermaid

Mei disse...

Que lindo! :)